Mentira me Tira

 

Paulo Wenderson Teixeira Moraes

outubro/2017

C

O espetáculo não pode parar

F7M

Pela cortina pelo lado de lá

D7                                                   G

Nasce um mártir para assim nos falar

C

É possível ter um outro lugar

F7M

Mas a plateia não quer se incomodar

D7                                     G

Seja leve como uma brisa

G          D/F#      Em       F7

mas tinha que ser vendaval

G            D/F#       Em     F7    C     Am   F7M   Fm6

mas tinha de ter temporal         AOAOAOAOAAOAOAOA

C

Eros veio na névoa pra flechar

F7M

Psiquê tão linda a enfeitiçar

D7 G

Na roda de Xerê veio amar

C

Mas o Olimpo não quis considerar

F7M

Afrodite na roda fez sambar

D7                                      G

O fantasma com a criança

G           D/F#         Em       F7

mas tinha que ser tão mortal

G           D/F#         Em      F7     C Am F7M Fm6

mas tinha o Êre e o carnaval     AOAOAOAOAAOAOAOA

C

Abaixo do palco pode estar

F7M

Tanta gente que nem sabe o que há

D7                                        G

Mentira me tira da província

C

A vanguarda vai ter que esperar

F7M

Na canela bate o Calígula

D7                                            G

Cada um merece aquilo que dá

G            D/F#     Em      F7

Um dia talvez transformar

G            D/F#     Em      F7      C Am F7M Fm6

Prá um dia rever o que será     AOAOAOAOAAOAOAOA