cakrāsana

Dias se passaram e a prática fluía, lubrificando as engrenagens e limpando as polias, assim o corpo reagia: ossos, articulações e músculos em completa harmonia. O engenhoso arquiteto construiu até uma ponte, vê como ficou o seu semblante. No meio do arco uma força radiante sustenta a vida a cada instante.  A roda da vida inscessante. É a posição da roda (cakrāsana), mas que também parece uma ponte. Primeiro fica deitado e aos poucos te levantas. De tanto tentar, a roda vem a se firmar, relaxando o pescoço e a garganta. Erguendo toda a barriga, faz um arco na tua coluna, o peso do corpo sentirás como uma pluma. Forte e flexível na sua espinha, doença nenhuma o lobo tinha.