A PREPARAÇÃO PARA O YOGA

paschimotanāsana

 

-Agora, comece esticando a perna. O lobo sairá da caverna. Mas antes, tem que alongar a coluna. Cinco minutos por dia, sem deixar nenhuma lacuna. Não precisa fazer drama, pois você ainda nem saiu da cama. Depois de quatro semanas, verá outro diante do espelho. Irrelevante se não é mais um fedelho. Também é desnecessário qualquer aparelho. A posição do paschimottanāsana significa cabeça no joelho. Ela é boa para ter uma coluna forte e flexível, assim eu aconselho.
- Mas eu não consigo - disse o lobo já em tom de amigo.

- Respire, sinta e solte as tensões! Você está prendendo as suas emoções. Muito tenso está o seu corpo, rígido até o pescoço. Medite no centro da sua testa, concentre-se para esgotar a dor que lhe resta. Respire, sinta e solte! Deixe fluir os pensamentos, apenas olhe, é inútil que o cavalo se revolte. A tensão, quando é liberada, gera uma grande sorte. A reconquista do próprio corpo é uma viagem de paciência e persistência, não precisa de passaporte. Já a concentração é para lhe dar um norte. Respire, sinta e solte! No fundo do coração, a pessoa é forte.